Cromínia, Bela Vista e Piracanjuba recebem presidente

  • Data: 08/12/2014

Catherine Moraes
Fotos: Fredox Carvalho


Com o intuito de ouvir as demandas dos produtores rurais, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e do Conselho Administrativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Goiás), José Mário Schreiner visitou, na última sexta-feira (5), os municípios de Cromínia, Piracanjuba e Bela Vista de Goiás. Além do bate papo, José Mário ressaltou a disponibilidade de cursos do Senar Goiás, ofertados gratuitamente e agradeceu pelo apoio dos presentes durante o período eleitoral.

A visita começou pela manhã no município de Cromínia e o presidente do Sindicato Rural da cidade, João Marciano Neto foi responsável por organizar a reunião e agradeceu a oportunidade de falar, pessoalmente, sobre as principais demandas do município. Ele agradeceu o empenho da Federação junto ao governo de Goiás que possibilitou, por exemplo, o recapeamento da GO-040. Apesar disso, falou da necessidade de atenção para outras rodovias como a GO-017 e a estrada vicinal que liga a GO-040 à BR-153.

O presidente do Sindicato Rural também falou sobre a antiga problemática da falta de energia. Segundo João Marciano, a cidade e também a zona rural chegam a ficar dois dias sem energia elétrica. “Temos cooperativa de leite jogando leite fora porque simplesmente não há o que fazer”, completa. O presidente ressaltou os esforços da federação que já são de longa data e a promessa de mais investimento do governo federal em 2015.

Em Piracanjuba, o presidente do Sindicato Rural, Eduardo Iwasse agradeceu a presença do presidente e dos participantes. Entre os jovens, João Antônio e Leandro Teles, que participaram do Agrojovem na última semana.

“É uma felicidade para mim estar de volta aos municípios porque sei que as demandas nunca acabam. A Federação e o Senar Goiás estão se empenhando para que possamos suprir as necessidades do campo e ter os produtores como parceiros é fundamental neste processo. Além disso, tivemos uma eleição limpa. Obrigado de coração a todos que acreditaram e acreditam nesse projeto”, completou José Mário.

As visitas terminaram no município de Bela Vista, em vista ao Piracanjuba Pró-Campo. A supervisão foi de Luiz Magno de Carvalho, diretor de expansão do Laticínios Bela Vista e também do presidente do Sindicato Rural do município, Wanderley Rodrigues. Ele apresentou ao presidente um novo projeto de recria de bezerros com baixas taxas de mortalidade comparadas às nacionais. “Em média, 25% dos bezerros morrem antes de completarem 90 dias de vida. Aqui já alcançamos a média de 2%. Estamos fechando parcerias e já temos dois professores da Universidade Federal de Minas Gerias trabalhando conosco. A ideia é montar 10, 15 centos no Estado. Também faremos uma cartilha explicando tudo aos produtores”, se entusiasmou.