Atendimento médico e cidadania movimentam Ouvidor

  • Data: 04/12/2014

Michelle Rabelo

De atendimento oftalmológico a cadastro de CPF, passando por teste de glicemia e corte de cabelo. No último sábado (29/11) o município de Ouvidor recebeu o Campo Saúde, que movimentou a Escola Municipal Professora Ediene da Silva Dias. Com mais de 1.500 pessoas atendidas, o programa realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) Goiás, contou com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária (Faeg), do Sindicato Rural de Catalão, da prefeitura de Ouvidor e da Vale Fertilizantes SA.

Para fazer a abertura oficial do evento, o presidente da Faeg e do Conselho Administrativo do Senar de Goiás, José Mário Schreiner, não poupou elogios. “Estou vendo aqui em Ouvidor o Campo Saúde mais organizado que realizamos até hoje e isso é resultado das parcerias. Isso nos deixa muito sensibilizados. É o sinal de que juntos podemos mudar para melhor a realidade de quem vive no campo. Todos os programas do Senar Goiás objetivam isso: fazer com as pessoas mudem para melhor, seja na área da saúde, da educação ou em muitas outras áreas”, disse, emocionado.

Para a diarista Shirley Pereira, 50 anos, programas como o Campo Saúde trazem dignidade para quem vive na zona rural. Ela foi até a escola em busca de atendimento dermatológico. “Tenho uma alergia na perna desde criança, mas ela vem piorando com o tempo. Falta médico especialista aqui em Ouvidor e sempre que preciso tenho que correr em Catalão”, explica.

Sábado animado

Durante todo o dia, a população que passou pelo local teve acesso ainda a atendimentos nas áreas de urologia, dermatologia, ginecologia, pediatria e ortopedia. Além disso, homens com idade acima de 40 anos puderam fazer exame Preventivo ao Câncer de Próstata (PSA). O resultado, que fica pronto dentro de 20 dias, é enviado ao Posto de Saúde mais próximo e, em caso de apresentar alguma alteração o paciente é encaminhado à Unidade de Saúde da cidade.

Para as mulheres, a realização de exames preventivos. Para a criançada, palestras sobre saúde bucal e escovação. Por fim, para toda a população, aferição de pressão arterial, cálculo de índice de Massa Corporal (IMC) e orientação alimentar feita por nutricionistas.

Quem reservou o sábado para cuidar da saúde também pôde obter orientações sobre o Cadastro Único, a Bolsa Família e outros serviços de assistência social, fazer as unhas com manicures contratadas pela prefeitura e conhecer de perto o trabalho feito pela Vale Fertilizantes. Apresentações culturais – como dança, capoeira e música – também animaram o dia.

O lavrador Carlos Pereira, 41 anos, foi até Ouvidor com as duas filhas e a esposa. Ele mora na zona rural da cidade e conta que a agente de saúde que visita sua casa periodicamente falou sobre a necessidade de fazer o exame Preventivo ao Câncer de Próstata (PSA).

Saúde e cidadania

Durante a solenidade de abertura, José Mário Schreiner falou sobre os programas do Senar Goiás e os esforços da Faeg para representar o produtor. Ele também falou sobre a alegria de poder representar as entidades e fazer parte da história de quem mora no campo e sonha em melhorar de vida.

A estudante Andressa dos Santos, uma das finalistas da categoria Redação do programa Agrinho, leu seu texto e foi aplaudida de pé. O também estudante Luciano Lacerda, dividiu as palmas com a amiga. É dele o melhor desenho da categoria Educação Especial nas regiões Sul e Sudeste.

Ao final da solenidade de abertura José Mário entregou, simbolicamente, certificados do Pronatec, fez o descerramento da placa e plantou a muda de Ipê Amarelo, símbolo do programa.