Presidente do Senar visita Corumbá para ouvir produtores

  • Data: 04/12/2014

Michelle Rabelo

“Temos que pensar no homem do campo e na forma mais eficaz de brigar por ele. Para isso, temos que estar perto, juntos, de mãos dadas com cada um deles”, com esse pensamento, o presidente do Conselho Administrativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) Goiás e da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner, tirou a terça-feira (2/12) para visitar produtores do município de Corumbá e ouvir deles quais são os principais entraves que a região vem enfrentando.

Produtores, participantes de cursos, instrutores, mobilizadores e o presidente do Sindicato Rural (SR) falaram sobre o que precisa melhorar e fizeram questão de elogiar o trabalho feito pela Faeg e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) Goiás, entidade da qual Schreiner é presidente do Conselho Administrativo.

José Mário foi recebido por uma comitiva no Sindicato Rural e seguiu para a fazenda Coqueiro, onde uma turma de 11 alunos participava de um dos treinamentos do Programa de Gestão de Pecuária Leiteira (PGPL) do Senar Goiás. “É a preparação para quem quer ingressar no Balde Cheio”, explicou o presidente do SR, José Carlos de Oliveira. “Mais de 70% da renda do país vem do agronegócio. Quando vejo pessoas como vocês se empenhando, correndo atrás de capacitação para aumentar ainda mais esse percentual, me lembro porque milito a tanto tempo pelo homem do campo”, destacou Schreiner.

O presidente da Faeg também entregou certificados para alunos que fizeram o curso de Sanidade e Reprodução Leiteira. Por fim, José Mário comentou sobre a questão do emplacamento de máquinas agrícolas. Durante o mês de junho, o governador Marconi Perillo se comprometeu a manter a isenção da cobrança do IPVA das máquinas agrícolas em Goiás. Não faz sentindo impor aos produtores custos decorrentes do tráfego em vias públicas, já que os tratores passam, em média, 97% de sua vida útil no campo e não fazem uso das rodovias”.