Entre elogios, produtoras rurais lançam livro de receitas

  • Data: 29/10/2015


Michelle Rabelo
“Um evento de alma forte e que expressa todo o cuidado que a mulher rural dedica ao alimento servido à família tinha que ter nosso apoio”, disse o presidente do Conselho Adminsitrativo do Senar Goiás, José Mário Schreiner, durante o lançamento do livro Receitas do Campo, que aconteceu na sede da entidade na tarde desta quinta-feira (22). Famosa nos quatro cantos do país, seja na zona urbana ou na rural, a comidinha da roça acumula admiradores e se tornou a estrela da publicação que reúne 66 pratos típicos da cozinha rural.

“Por meio desse livro podemos observar o cuidado dessas mulheres para com a vida. Esse cuidado também rege nosso trabalho. É o cuidado com homens, mulheres, crianças e agora com o meio ambiente”, disse José Mário, fazendo referência ao recém lançado Programa Proteção de Nascentes. “Momento como esses servem como combustível para que possamos seguir em frente”, completou.

A iniciativa, resultado do trabalho da Comissão de Produtoras Rurais da Faeg, contou com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás) e dos Sindicatos Rurais (SRs), traz ainda os 8 primeiros colocados no 1º Festival Gastronômico Receitas da Roça de Ipameri. Emocionada, a presidente da Comissão, Solange Duarte, fez questão de parabenizar todas as produtoras que participaram, com receitas ou trabalho, da realização do projeto. “Não adianta ter vontade e não ter atitude. Aqui estão mulheres guerreiras, de atitude. Hoje estamos concretizando um sonho. Agora o plano é divulgar a publicação em todos os Sindicatos Rurais do estado”.


A publicação, que traz receitas de pratos doces e salgados típicos da culinária caipira, se baseou nos cursos de alimentação realizados pelo Senar Goiás. Os pratos apresentados no livro foram elaborados por produtoras rurais ou por participantes dos treinamentos, pelos quais, desde 2014, passaram mais de 8 mil pessoas. Além de disseminar as delícias feitas no campo, o livro tem o objetivo de promover a cultura rural, além de proporcionar a integração das famílias que vivem da terra. Para a 1ª vice-presidente da Comissão de Produtores, Sônia Bonato, o resultado ficou melhor do que o esperado. Ela conta que a ideia de fazer um livro de receitas nasceu no Sindicato Rural de Ipameri, que tinha a vontade de perpetuar as receitas das produtoras rurais do município. “Durante uma reunião de planejamento a ideia cresceu e nasceu o Festival Gastronômico. Daí para a criação desse livro tão bonito foi um pulo. Eu só tenho a agradecer a toda essa equipe, da Faeg e do Senar Goiás, que tirou esse sonho do papel”.

O presidente da Faeg, José Mário Schreiner, esclarece que o livro surge de um desejo antigo de reunir as receitas produzidas pelos instrutores do Senar Goiás e também pelos produtores e produtoras de todo o estado. “Agora transformamos este desejo em realidade para que os segredos da cozinha sejam repassados adiante e compartilhados entre as famílias não só do campo, mas também da cidade”, explica. “É a sensação da comida da mãe no final de semana, e do pão de queijo da avó quentinho num domingo de manhã”, completa, Schreiner.

A ex-instrutora do curso Cozinha Rural do Senar Goiás, Andréia Peixoto, também fez questão de elogiar o resultado final do livro. “São pessoas que sonham com as receitas, colocando muito amor no que fazem. Hoje estou satisfeita e muito grata”, conta. Ela é autora de uma das receitas da publicação e chama a atenção para uma característica pouco falada do livro. “Aqui temos receitas saudáveis. O curso de Cozinha Rural trabalha focada em qualidade e no aproveitamento dos nutrientes, sem perder o sabor”.