SENAR investe na atualização e produção de novas cartilhas

  • Data: 10/05/2016

Brasília-DF (10/05/16) Com uma vasta coleção de cartilhas elaboradas para atender as capacitações de produtores e trabalhadores rurais de todo o País, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) decidiu investir na atualização das 124 cartilhas de sua coleção e na produção de novos títulos. Para isso, nesta segunda-feira (09), o Comitê Editorial da entidade se reuniu, em Brasília, com a presença dos superintendentes do SENAR Bahia, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, que representam suas respectivas regiões, e da equipe técnica do SENAR Brasil.

“As cartilhas são nosso cartão de visita, por isso precisamos de um fluxo de produção para termos sempre novos títulos, alinhados, sempre, com nossas ações de assistência técnica e gerencial. Nossa intenção é pegar uma ocupação profissional ou cadeia produtiva prioritária e fazer todas as cartilhas referentes a ela. A meta é produzir, em média, 40 cartilhas a cada 12 meses”, afirma o secretário executivo do SENAR, Daniel Carrara.

Atualmente estão em processo de atualização e/ou produção, 78 títulos de diversas áreas. A média de prazo para produção de uma cartilha é de seis meses, explica o coordenador de Produção e Distribuição de Materiais Institucionais do Departamento de Educação Profissional e Promoção Social (DEPPS), Bruno Henrique Araújo. “A produção de uma cartilha é demorada. Selecionamos os elaboradores, treinamos na metodologia do SENAR e produzimos as imagens, de acordo com os temas, em propriedades rurais de todo o Brasil. Depois do material ser produzido, revisamos e iniciamos a diagramação e acompanhamos o processo até a impressão”, conta.

Para o superintendente do SENAR Minas e membro do Comitê Editorial, Antônio do Carmo, as cartilhas são reconhecidas pelos participantes das capacitações como recurso instrucional que lhes dá a oportunidade de recuperarem visualmente o treinamento que receberam. “O SENAR retomou com intensidade a produção de cartilhas e o Comitê irá ajudar muito nesse trabalho, dando orientação sobre quais títulos deverão ser produzidos com maior importância e urgência para as capacitações promovidas nos estados”, avalia.
As cartilhas se destinam aos produtores, trabalhadores rurais e suas famílias, participantes dos eventos de Formação Profissional Rural (FPR), Promoção Social (PS) e Programas Especiais do SENAR. “Possuem uma redação de fácil compreensão, seguidas de ilustrações, gráficos e fotografias que complementam o conteúdo. Depois de finalizadas, são enviadas para todas as Administrações Regionais de acordo com a demanda de cada estado”, completa o coordenador Bruno Henrique Araújo.

Assessoria de Comunicação do SENAR
(61) 2109-4128
www.senar.org.br
www.facebook.com/SENARBRasil
www.twitter.com/SENARBrasil
Fotos: Wenderson Araújo