Parceria do Senar GO treina e capacita dependentes químicos

  • Data: 30/05/2016

Assessoria de Comunicação
Ajudar na recuperação de dependentes de álcool e drogas através de capacitações profissionais. Esse é o principal objetivo da parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás), a prefeitura de Aparecida de Goiânia, o Sindicato Rural (SR) de Guapó e a Casa de Recuperação Lapidando Tesouros. A comunidade, que abriga atualmente cerca de 70 homens, com idades variadas e que buscam a reinserção na sociedade e reconstrução de suas vidas, abriu suas portas para os instrutores do Senar Goiás há algumas semanas e nesta quarta-feira (25) os participantes receberam os certificados de conclusão dos treinamentos. Na ocasião, o coordenador do lugar, pastor Gil Nunes, fez questão de destacara a importância da iniciativa na vida dos moradores.

Gil conta que os cursos do Senar Goiás caíram como uma luva para o local, que não tem como prática utilizar-se do trabalho dos moradores para arrecadar fundos. “Muitas casas se mantém colocando os internos para vender produtos nos sinais e dentro dos carros do transporte coletivo. Aqui não. Nós nos sustentamos com ajuda de amigos e por isso não existe a possibilidade de bancarmos uma capacitação. Com os cursos eles aprendem uma profissão”, explica.

É o caso do auxiliar de mecânico, Thiago Alves Pereira, 27 anos, que é interno há 3 meses. Antes de conhecer a Casa de Recuperação Lapidando Tesouros ele morava na rua e hoje conta que um futuro próspero não está mais no campo do impossível. Thiago fez os treinamentos de Instalação e Manutenção de Cerca e de Psicultura e conta que já sonha em construir seu próprio tanque de tilápias. Thiago fez questão de elogiar a postura dos instrutores do Senar Goiás. “Eles são maravilhosos, muito atenciosos e, além disso, possuem experiências de vida”, conta.


Ao todo, quatro capacitações foram realizadas no local, que recebeu os cursos de Construção de Cercas, Psicultura, Agricultura Urbana e Derivados do Leite. O evento de hoje foi, inclusive, finalizado com a degustação dos produtos fabricados pelos alunos deste último curso. O cardápio foi composto por queijo, iogurte, leite e doces.


Dando boas-vindas aos presentes, o presidente do Conselho Administrativo do Senar Goiás, José Mário Schreiner, que também está à frente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), iniciou sua fala abordando a questão da representatividade da Casa para a vida dos internos. “Aqui temos boas sementes. Se colocarmos essas boas sementes em solo fértil, ela vai vingar. É isso o que está acontecendo aqui. Tem gente florescendo, mudando de vida e planejando. A realização dos cursos leva esperança de uma nova vida aos dependentes químicos após o fim do tratamento, principalmente diante da dificuldade desse público em encontrar uma oportunidade no mercado de trabalho”, pontuou, já se comprometendo a levar novos cursos à comunidade.