Senar Goiás oferece proteção e seguridade ao produtor rural

  • Data: 23/08/2017

Treinamento corretaA segurança do trabalho no campo é uma das concepções mais importantes a nível de propriedade rural. Basicamente consiste em um conjunto de técnicas e medidas que visam proteger o trabalhador, objetivando a redução de riscos de acidentes ao máximo possível ou até mesmo a eliminação dos mesmos. Portanto, é fundamental que o produtor rural seja instruído na utilização do Equipamento de Proteção Individual (EPI) e também no manuseio e destinação das embalagens de agrodefensivos. Além disso, o conhecimento sobre os equipamentos manuseados pelo operador, condições do maquinário, manutenção das estruturas de segurança, entre outras medidas são essenciais para a execução de todas as atividades da propriedade sem risco para os trabalhadores. Com este intuito, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás) possui em seu portfólio alguns treinamentos voltados para segurança referente ao trabalho no meio rural, como NR 31, NR 31.12 e NR 31.8.    

O objetivo destas capacitações é oferecer instruções normativas que regem a legislação trabalhista ao empregador e ao trabalhador, bem como sua saúde envolvida em suas funções e atividades. Os treinamentos são embasados em normas e procedimentos que trazem informações, a fim de preservar a saúde e a segurança ao trabalho no meio rural. Estes trabalhos envolvem a utilização de máquinas agrícolas, animais, defensivos agrícolas, ferramentas, estruturas físicas; assim como o impacto dessas manobras de prevenção impactando no meio ambiente. Há também noções sobre primeiros socorros, como manobra em casos de acidentes; repasse de informações para utilização de equipamentos de proteção individuais, que evitam e previnem riscos de saúde ou incidentes na rotina de trabalho. Tais conhecimentos são determinantes em qualquer ramo de trabalho no meio rural, uma vez que fornece insumos legais e instrucionais para a manutenção da saúde de todos os envolvidos no labor rural.

Com carga horária de 24 horas, é necessário que o participante tenha idade acima de 18 anos, escolaridade mínima e não possuir acima de 60 anos. Durante o treinamento, os alunos recebem diversas orientações, desde obrigações e responsabilidades e preservação da saúde ocupacional dos trabalhadores, legislação de segurança e saúde no trabalho, com descrições e identificação das fontes geradoras dos riscos à integridade física do trabalhador, legislação de segurança e saúde no trabalho, conhecimento das formas de exposição direta e indireta aos defensivos agrícolas, até outros assuntos ligados a esta temática. 

Segundo a gerente de Formação Profissional Rural do Senar Goiás, Samantha Andrade, o Senar Goiás tem o compromisso com a qualificação e capacitação do homem rural, seja produtor ou trabalhador rural, bem como sua saúde e segurança. “A instituição está sempre alerta às demandas do meio rural e atualizada dentro do processo legal das atividades”, destaca. Para outras informações sobre treinamentos e cursos oferecidos pelo Senar Goiás entre em contato pelo telefone (62) 3412-2700 ou pelo site www.senargo.org.br.

Texto: Juliana Barros
Foto: Fredox Carvalho