Desafio Agro Startup irá premiar novas ideias na Tecnoshow Comigo

  • Data: 27/03/2018

DesafioOferecer sob a forma de competição de modelos de negócios, capacitações e mentorias para ideação de negócios inovadores, foi o principal objetivo do Desafio Agro Startup. O programa de iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás), Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás, Ifag e Sebrae Goiás foi estruturado em quatro fases, sendo elas a capacitação, seleção inicial, mentorias e final. Mais de 100 projetos foram apresentados, sendo que 12 foram selecionados para apresentarem seus projetos durante a Tecnoshow Comigo 2018, onde serão escolhidos os vencedores no próximo dia 11 de abril, às 14 horas, no estande do Sistema Faeg Senar e Sebrae.

O superintendente do Senar Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, conta que o Desafio Agro Startup é uma iniciativa que proporcionará boas e novas ideias para o setor agropecuário. “O Senar Goiás atua na qualificação e aperfeiçoamento da mão de obra no meio rural. O incremento da produção agrícola e pecuária é resultado do aumento na produtividade, um instrumento indispensável ao alcance destes objetivos, e a tecnologia utilizada nas propriedades rurais. O desafio contribuirá ao desenvolvimento do agronegócio, impactando positivamente na sustentabilidade e competitividade do produtor rural”.

O analista de Inovação e Competitividade Francisco Lima Júnior lembra o ideal do programa. “Buscamos pessoas e equipes com espírito empreendedor que tenham, ou sejam capazes de gerar boas ideias para solucionar problemas e explorar as oportunidades dos elos das cadeias produtivas do agronegócio. Fomentando assim, o surgimento e fortalecimento das AgroTechs e consequentemente todo o mercado.

Participam do programa startups de qualquer estágio de maturidade, pessoas ou equipes com uma ideia de negócio ou sem uma ideia formada, mas que acreditam que sejam capazes de gerar soluções inovadoras para o agronegócio.  Para Francisco, o Desafio é uma forma de turbinar o negócio. “O programa permite o acesso a conteúdo sobre empreendedorismo inovador que ajudam no processo de validação da ideia; feedbacks e mentorias de especialistas; possibilidade de apresentar sua proposta para investidores; network com empreendedores de todo o estado, além de potencializar as chances de desenvolver um negócio promissor e premiações”, destaca. 

Desenvolvimento de negócios inovadores

O projeto que iniciou em agosto de 2017, foi estruturado em quatro fases: capacitação, seleção inicial, mentorias e final. Francisco explica que na primeira, os participantes tiveram acesso a conteúdo especializado via Ensino a distância (EaD), com o intuito de capacitá-los nas competências básicas necessárias para o desenvolvimento de um negócio inovador. Já a segunda fase consistiu no recebimento, avaliação e seleção das propostas de participação no desafio, contendo o descritivo do negócio.

“Das propostas apresentadas, foram selecionadas mais de 100 ideias de negócios para a terceira fase, onde todos os projetos estão recebendo mentorias especializadas de mentores para refinar seus modelos de negócio”. As mesmas 50 ideias serão reavaliadas e serão escolhidas 12 para apresentarem seus projetos durante a Tecnoshow. A apresentação será para uma banca composta por especialistas, investidores, empresários e representantes do segmento, que irão escolher os vencedores.

Seleção e premiação

O Desafio contará com premiação para os três primeiros colocados. O primeiro colocado ganhará uma viagem para o Vale do Silício para até três participantes da equipe. A premiação dos segundo e terceiro colocados será divulgada na final do Desafio. As ideias apresentadas serão avaliadas de acordo com o grau de inovação, potencial de mercado, relevância da solução para o problema apresentado, modelo de negócio, qualidade das validações e equipe do projeto. O time de avaliadores foi composto por profissionais especialistas em três áreas distintas: Negócios Inovadores, Agronegócios e Tecnologia da informação.

O projeto pioneiro no estado surpreendeu, segundo conta Francisco: “os resultados superaram as expectativas tanto em número quanto em qualidade. Tivemos projetos selecionados em várias áreas e com várias tecnologias diferentes, como drone, agricultura de precisão, biofertilizantes, integração da cadeia de suprimentos e fornecimento, biodigestores, energia alternativa, monitoramento, software de gestão, análise de imagens, irrigação, plataformas sociais e de informação, dentre outras.

Os números também impressionaram. Ao todo, foram realizadas 10 Palestras de divulgação nas cidades de Goiânia, Anápolis, Jataí, Rio Verde, Itumbiara, Urutaí, Luziânia, Jussara, Ceres e São Luis de Montes Belos, com a participação de 2.200 pessoas nas palestras, mais de 600 inscritos no Desafio, mais de 100 projetos e 12 projetos finalistas. 

Serviço:

Desafio Agro Startup – Premiação

Local: Tecnoshow Comigo 2018, no Centro Tecnológico COMIGO (CTC), em Rio Verde (GO).

Data: 11 de abril

Mais informações: 0800 570 0800